www.extremos.org.ve

Extremos... tu estilo de vida.

Página inicial > Talleres y Cursos > Cursos > Uso da Bússola

Uso da Bússola

domingo 1º de janeiro de 2017, por Imeru Alfonzo Hernandez

Todas as versões desta matéria: [English] [Español] [Português do Brasil]

A bússola é uma agulha magnética que responde ao campo magnético da terra (era conhecida e usada pelos chineses 2.500 anos antes de Cristo), orientando-se de acordo. Meça o ângulo horizontal em relação àlinha do campo magnético em que está localizado.

Como mencionado anteriormente em outro artigo, o norte magnético tende a diferir com o norte geográfico, então o cálculo da declinação magnética é usado para encontrar as direções verdadeiras ou geográficas. Na Venezuela, os declínios são todos para o oeste, então devemos adicionar o valor da declinação ao azimute (direção geográfica), e estes variam de acordo com o local. Como esta medida varia com o tempo é necessário conhecer o cálculo correto da mesma.

Azimute real = medição da bússola +/- declinação magnética.

É o mesmo que dizer que se você medir um endereço na bússola, você deve adicionar a declinação magnética local àmedida, e você obterá Azimute real. Para ter uma idéia de quão importante este cálculo pode ser, apresentamos uma tabela, Tabela 2, com estimativas de erros objetivos devido ànão utilização da Declinação Magnética.

Desvio por Declínio Magnético | Erro ou desvio
do Objetivo após
Caminhe 15 Quilômetros
no avião |
| 5 ° | 1,307.34 metros |
| 10 ° | 2,604.72 metros |
| 15 ° | 3.882,29 metros |

Aplicações

O uso mais difundido da bússola entre os caminhantes é apontar direções, triangular a posição e criar poligonais (rotas formadas por sucessões de caminhos diretos de distâncias e direções conhecidas).

Triangulação

Esta técnica é utilizada para determinar a localização aproximada em que estamos localizados e é feita localizando dois pontos conhecidos ou reconhecíveis que formam um ângulo com a nossa localização, e então tomamos os valores obtidos no mapa

Orientação

Conheça a posição, procedemos por um processo semelhante para localizar nosso destino no mapa, medimos sua direção e depois levamos esse resultado àrealidade, medindo diretamente a direção na paisagem

Obstacle Overcoming

Desta forma, cercamos os obstáculos sem perder o percurso da nossa trajetória, é semelhante a seguir orientações progressivas, fig. de baixo.

Outras formas de orientação

GPS. (Sistema de posicionamento global) Funciona graças aos satélites em órbita que, por meio de um sensor e algoritmos matemáticos, mostram a posição e a altura do usuário, pelo menos três satélites são necessários para obter a leitura da localização e quatro para uma leitura tridimensional.

ALTIMETER. Mostra a altitude do instrumento em relação ao nível do mar. E funciona graças àpressão barométrica, que é uma desvantagem, uma vez que a temperatura e as mudanças na pressão atmosférica distorcem a leitura e introduzem erros.

COM O RELÓGIO. Defina o tempo solar e aponte com a mão pequena para o sol. A bisectriz do ângulo formado pela mão pequena e as doze horas do relógio situam-se ao sul.

O SOL. Um indicador aproximado dos pontos cardinais é o sol. Se no nascer do sol ou pela manhã olharmos diretamente para ele, o lado direito do observador apontará para o sul, e àtarde ou ànoite apontará para o norte, outro bom sinal é que no meio das horas as sombras dos objetos que são Eles são perpendiculares ao chão e projetam para o sul.

A ESTRELA POLAR. Além de ser a única estrela fixa do firmamento, está localizada marcando o norte geográfico. Para localizá-lo, você deve desenhar uma linha imaginária que é cinco vezes o comprimento distante entre as duas últimas estrelas do Grande Urso


(C) 1995 - 2018 Imeru Alfonzo Hernandez, Siga-nos via twitter e instagram por @imerualfonzo e @ecoExtremos